Fundação Serra do Japi | http://serradojapi.jundiai.sp.gov.br

Base de Estudo de Ecologia e Educação Ambiental “Miguel Castarde”

SJapi BaseEco ACMomesso

Vista da frente da Base Ecológica

No final dos anos 80, a Serra do Japi era intensamente visitada, principalmente aos finais de semana. Infelizmente, o desrespeito à natureza por algumas pessoas gerava muito lixo no local.

Nessa mesma época, a Serra começava a despertar o interesse de pesquisadores da área de ecologia da UNICAMP para a realização de pesquisas científicas. Como não havia um local apropriado que pudesse alojá-los, nem laboratórios adequados para o desenvolvimento dos trabalhos, os pesquisadores iniciaram os primeiros contatos com a prefeitura para o estabelecimento de uma parceria para estudos de fauna e flora.

SJapi BaseEco Aérea 01

Vista superior da Base Ecológica

Os pesquisadores encontraram uma construção da década de 40, que tinha servido ao abrigo de monges capuchinhos, a um asilo de velhos e, posteriormente, como propriedade de lazer e veraneio, e que atenderia às necessidades para a realização de pesquisas na área.

Em 1992, a Prefeitura do Município de Jundiaí decidiu adquirir a propriedade que serviria como um centro de ciências para apoio à pesquisa, ensino de ecologia e atividades de educação ambiental voltadas à comunidade.

Após algumas reformas, foi inaugurada, em dezembro do mesmo ano, a BEEEA – Base de Estudos de Ecologia e Educação Ambiental “Miguel Castarde” pelo então prefeito Senhor Walmor Barbosa Martins e estabelecido o primeiro convênio com o Instituto de Biologia da UNICAMP, através da Lei Municipal 7.421.

Endereço: Avenida Brasil Tãmega s/n – Jundiaí-SP
Telefone: (11) 3317-5058

Mapa-SJapi-BaseEco-Acesso